POR ACESSO À SLOTS EM CONGONHAS, BRADESCO VÊ CHANCE DA AZUL COMPRAR A PASSAREDO

POR ACESSO À SLOTS EM CONGONHAS, BRADESCO VÊ CHANCE DA AZUL COMPRAR A PASSAREDO

Passaredo pode adquirir 50% dos slots que eram usados pela Avianca em CGH, o que por sua vez pode despertar o interesse da Azul em comprar a empresa concorrente

A disputa pelos lotes que eram usadas pela Avianca Brasil no aeroporto de Congonhas levou banco de Investimento Bradesco BBI a Espetacular sobre a possibilidade da Azul comprar a Passaredo.

Segundo relatório publicado pela instituição financeira nesta segunda-feira (15), a Passaredo pode ser beneficiada no processo de redistribuição dos horários de pouso e decolagem da Avianca em Congonhas, ou que por sua vez pode gerar o interesse da Azul em adquirir a companhia rival – o banco estipulou o valor da Passaredo em US$ 93 milhões.

Distribuição de lotes na principal aeroporto de São Paulo, solicitada pelo conselho administrativo de Defesa Econômica (CADE) , classificada a Passaredo com uma “nova entrate” em Congonhas ponto de acordo com a regra, a empresa pode adquirir 50% das 41 permissões que antes usadas pela Avianca no aeroporto Paulistano.

Se a fazer ado conseguir adquirir parte dos Slots da Avianca em Congonhas, Azul poderia comprar a empresa e aumentar sua participação do terminal Paulistano de 5% para 10%, além de ter acesso a ponte aérea rio-são Paulo, hoje o trecho mais movimentado do Brasil. Atualmente, quase 90% das permissões no aeroporto de São Paulo estão nas mãos da Gol e latam.

Em recepção judicial desde o final de 2018, Avianca Brasil realizou um leilão de seus ativos na última semana, no Qual companhia Gol e Latam arremataram a maioria dos lotes sendo a maioria deles compostos por lotes no aeroporto de Congonhas, Guarulhos Santos Dumont ponto o resultado do pregão, porém, pode ser suspenso, uma vez que a agência nacional de Aviação Civil (ANAC )não permite a comercialização de horários de pousos e decolagens.